Escolha uma Página

Artigos da categoria…

Agronegócio

A fome é um projeto

A fome é um projeto

por Eduardo Souza Lima Não adianta culpar a guerra na Ucrânia ou o coronavírus: não há justificativa que explique o aumento da...

ler mais
O médico e o monstro

O médico e o monstro

A mesma mão que oferece vacina põe mais veneno em sua comida. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sofre de...

ler mais
Lições de guerra

Lições de guerra

Uma das maiores riquezas do Brasil – corremos o risco de perdê-la também, mas essa é outra história – é a sua tradição...

ler mais
Ouro de tolo verde

Ouro de tolo verde

O terreno é fértil e a safra de absurdos no Brasil cresce de forma assombrosa. Agorinha mesmo, a Câmara aprovou, em regime de...

ler mais
A realidade bateu forte

A realidade bateu forte

O Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe) vinha alertando para o crescimento descontrolado do desmatamento. Ainda assim, o governo contestou os números.

ler mais
Bombardeio de agrotóxicos

Bombardeio de agrotóxicos

É preciso respirar fundo e ouvir a música “Paciência”, do Lenine, para ler esta notícia: em nome de que o Ministério da Agricultura autorizou 28 agrotóxicos extremamente perigosos, como o Sulfoxaflor, que extermina insetos danosos à lavoura, mas também abelhas, fundamentais à polinização? Em 2018, já haviam sido registrados 450 agrotóxicos, sendo somente 52 de baixa toxicidade.

ler mais
Veneno na mesa dos outros é refresco

Veneno na mesa dos outros é refresco

Banidos de outros países, os agrotóxicos são consumidos por boa parte da população brasileira. Em 2017, 60 mil toneladas de itens como paraquate, atrazina e acefato foram lançados nas plantações do país. A Europa concentra as sedes das principais empresas do segmento de pesticidas, mas o uso de vários desses produtos são proibidos por lá.

ler mais
PNaRA contra o PL do Veneno

PNaRA contra o PL do Veneno

Empatamos o jogo nos acréscimos: a Política Nacional de Redução de Agrotóxicos (PNaRa) foi aprovada no dia 4/11, em uma Comissão Especial da Câmara. Com o anúncio da deputada Tereza Cristina, defensora do PL do Veneno, para o Ministério da Agricultura, esta é uma chance de a gente virar o jogo e garantir uma alimentação mais saudável no futuro.

ler mais
Agronegócio faz água render pouco

Agronegócio faz água render pouco

Damos pouco valor à nossa maior riqueza. O Brasil é depositário de 20% da água potável do mundo, mas gastamos em média seis litros para gerar R$ 1 no PIB do país. E segundo o IBGE, quem mais gasta é justamente quem menos rende: a agropecuária.

ler mais
Um Acre a mais e mais veneno

Um Acre a mais e mais veneno

Mais terra, menos gente e mais veneno. Segundo o Censo Agropecuário 2017 do IBGE, em 11 anos a área ocupada por propriedades rurais no Brasil cresceu 16,5 milhões de hectares, o equivalente ao estado do Acre. Mas isso não significou mais geração de empregos: com a mecanização da produção, 1,5 milhão de trabalhadores deixaram o campo.

ler mais
Censo do IBGE acusa trabalho infantil no campo

Censo do IBGE acusa trabalho infantil no campo

Trocando o lápis e o caderno pela enxada: segundo o Censo Agropecuário 2017 do IBGE, há cerca de 588 mil crianças com menos de 14 anos trabalhando no setor. É bom lembrar que, por lei, qualquer tipo de trabalho é proibido nessa faixa etária.

ler mais
Agrotóxicos a granel

Agrotóxicos a granel

Subsídio mortal. Os dados são da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Ministério da Saúde: em 2017, foram registrados 4.003 casos de intoxicação por agrotóxicos em todo o país, quase 11 por dia, sendo que 164 pessoas morreram. Em dez anos esses números praticamente dobraram: foram 2.093 casos em 2007.

ler mais
O campo à mercê da intoxicação aguda por agrotóxicos

O campo à mercê da intoxicação aguda por agrotóxicos

O veneno bate à porta. Foi divulgado hoje (20/7) um estudo que registra casos de intoxicação aguda por agrotóxicos em sete comunidades rurais, entre elas quilombolas e indígenas, de sete estados do Brasil. Para a pesquisa, 73 pessoas foram entrevistadas. Entre os sintomas relatados, estão vômito, diarreia, dormência, irritação nos olhos, dor de cabeça e tontura.

ler mais
Um tomatinho contra o PL do Veneno

Um tomatinho contra o PL do Veneno

Esse tomatinho aí pode ser um santo remédio contra o PL do Veneno. Desenvolvido pela Embrapa, a variedade batizada como BRS Zamir, é enriquecida com licopeno. Isso faz dela mais nutritiva e resistente a pragas. O novo tomate também não é transgênico.

ler mais
Pequeno produtor alimenta o Brasil

Pequeno produtor alimenta o Brasil

O agronegócio ganha as manchetes e leva os tapinhas nas costas, mas quem bota comida na mesa do brasileiro ainda é o pequeno produtor. Segundo o IBGE, 70% dos alimentos consumidos no país vêm da agricultura familiar, que também gera 74% dos empregos no campo.

ler mais
Desmatamento x Desperdício

Desmatamento x Desperdício

Antes de desmatar, vamos botar na ponta do lápis quanto realmente precisa de pasto e de plantação? Porque o desperdício de comida no Brasil é grande. Só os supermercados perdem R$ 7,1 bilhões por ano com comida jogada no lixo.

ler mais
Um ano de extremos

Um ano de extremos

Instabilidade e variações ao longo do ano. Diante da avalanche de leis semeada pela bancada ruralista no Congresso, o estrago socioambiental foi até pequeno. Estrago real e muito maior quem mostrou, de fato, foi a natureza, revoltada com nosso descaso.

ler mais
Governo quer incrementar menu de agrotóxicos

Governo quer incrementar menu de agrotóxicos

O que mata engorda. O brasileiro consome cinco litros de agrotóxicos por ano, incluindo neste cardápio produtos proibidos em vários países. Entre 2002 e 2012, o uso de pesticidas e herbicidas mais que dobrou no Brasil, crescendo 115%. E o menu pode aumentar consideravelmente, pois o governo preparou um novo livro de receitas que vai mudar regras para registro de novas substâncias. Vamos engolir isso?

ler mais
Agrotóxico perdeu a validade

Agrotóxico perdeu a validade

Não basta abusar da dose e contrabandear produtos proibidos no Brasil: tem agricultor usando agrotóxico com prazo de validade vencido na comida que chega às nossas mesas. Todos os dias, oito brasileiros são intoxicados por pesticidas e herbicidas, sendo que só um a cada 50 casos é registrado. Se o veneno bom (sic) já é um problema, imaginem o estragado?

ler mais
5 mil vezes mais agrotóxicos

5 mil vezes mais agrotóxicos

Numa coisa o brasileiro é mais liberal do que o europeu: no uso de agrotóxicos – a gente não disse que era numa coisa boa. Às vezes, até 5 mil vezes mais, como no caso do nível máximo permitido de contaminação da água. No caso do feijão nosso de cada dia, a lei brasileira permite o uso de quantidades 400 vezes maiores do que na Europa.

ler mais
Retrocesso indigesto

Retrocesso indigesto

Enquanto a União Europeia decidiu banir mais agrotóxicos de seu cardápio, o Congresso trama engrossar o nosso. A Comissão especial que analisa o Projeto de Lei 6299/02, conhecido como PL do Veneno, se reúne na próxima terça (dia 8), para decidir se o levará à votação no plenário.

ler mais
Mais agrotóxicos na salada

Mais agrotóxicos na salada

Salada se tempera com azeite e vinagre, não com Benzoato de Emamectina. A substância, proibida no Brasil desde 2010, foi liberada no apagar das luzes do ano passado. E podem botar mais veneno em nossa mesa se o Projeto de Lei (PL) 6299/02, que flexibiliza a o uso de agrotóxicos no Brasil for aprovado no Congresso Nacional. A votação na comissão especial pode acontecer hoje. Depois, ela segue para o plenário da Câmara.

ler mais
PL do Veneno vai para o segundo tempo

PL do Veneno vai para o segundo tempo

Acabou o primeiro tempo: o PL do Veneno vai à votação em Plenário. Os defensores do projeto que flexibiliza o uso de agrotóxicos no Brasil saíram na frente, mas ainda dá para virar o placar. Para isso, todos nós vamos ter que entrar em campo. Temos um reforço de peso: a Política Nacional de Redução de Agrotóxicos (PNaRA), uma iniciativa popular que tem como finalidade implantar medidas para reduzir gradualmente o uso de pesticidas no país.

ler mais
PL do Veneno: votação a jato

PL do Veneno: votação a jato

A próxima reunião de comissão especial da Câmara que analisa o PL do Veneno já foi marcada para segunda (25). Enquanto isso, há 5 anos a Syngenta e a Aerotex pulverizaram pesticida sobre uma escola em Goiás, contaminando 92 pessoas, e até hoje não foram punidas.

ler mais
Não se vive sem comida, mas também não se vive sem água

Não se vive sem comida, mas também não se vive sem água

Não se vive sem comida, mas também não se vive sem água e nem se produz comida sem água. Segundo um relatório que a FAO acabou de divulgar, a agropecuária é a atividade primária que mais contamina os recursos hídricos do planeta. Logo, estamos numa sinuca de bico e precisamos sair dela.

ler mais
Brasil transforma riquezas em fumaça

Brasil transforma riquezas em fumaça

Como transformar riquezas em fumaça: o Brasil se tornou a única grande economia do mundo a aumentar a poluição sem crescer. Segundo o novo relatório do Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG), poluímos a atmosfera 8,9% a mais em 2016 do que em 2015.

ler mais
O PNaRa é o antídoto contra o PL do Veneno

O PNaRa é o antídoto contra o PL do Veneno

O PL do Veneno, o Projeto de Lei 6299/2002 – que revoga a Lei de Agrotóxicos, de 1989 – tem um antídoto, e ele se chama PNaRA. A Política Nacional de Redução de Agrotóxicos é uma iniciativa popular que tem como finalidade implantar medidas que ajudem a reduzir gradualmente o uso de pesticidas químicos no Brasil.

ler mais