Escolha uma Página
Respeitem os Waimiri Atroari!

Respeitem os Waimiri Atroari!

O ministro de Minas e Energia não deu um pio durante a greve dos caminhoneiros, mas quer cantar de galo contra os Waimiri Atroari. Moreira Franco quer lhes enfiar goela abaixo uma linha de transmissão em suas terras, sem seu consentimento.

Ele alega que a obra de “interesse da política de defesa nacional”, assim como fez a ditadura nos anos 1960, quando o povo Waimiri Atroari quase foi extinto na época da construção da Hidrelétrica de Tucuruí. Em nome de que permitimos que os direitos constitucionais dos povos indígenas sejam atropelados?

Via El País Brasil

Foto: Amazonia Real

Saiba mais

Mais uma multa para as contas da usina Belo Monte

Mais uma multa para as contas da usina Belo Monte

Belo Monte é multada em R$ 7,5 milhões além de multa diária de R$ 810 mil por descumprir regras ambientas e exigências do licenciamento da usina.

A decisão do órgão ambiental ocorre após uma série de vistorias realizadas nos últimos meses nas regiões impactadas pela obra, que está em andamento no rio Xingu. A avaliação técnica é de que houve “descumprimento intencional” de exigências do licenciamento ambiental federal.

Essa multa se junta a outras 27 que o Ibama já havia aplicado à Norte Energia, dona da usina, o que totaliza R$ 76,2 milhões em penalidades.

Desde a emissão da licença de operação da usina, em novembro de 2015, quando a primeira turbina de Belo Monte recebeu sinal verde para funcionar, o Ibama fez 37 vistorias técnicas para monitorar o cumprimento das exigências do licenciamento. Procurada, a Norte Energia não se posicionou até o fechamento desta matéria.

Via: Estadão
Saiba mais em: https://bit.ly/2qdF8dT
Foto: Marizilda Cruppe

Veja nossos vídeos sobre Belo Monte

Belo Monte gera doenças

Belo Monte gera doenças

Segundo Bel, uma agente de saúde indígena da tribo Juruna, na região da Volta Grande do Xingu (PA), desde que começou a ser instalada a hidrelétrica de Belo Monte, aumentaram os casos de hipertensão, diabetes e cálculos renais, e já surgiu um caso de obesidade em sua aldeia.

“Eu fui criada pelo meu pai comendo peixe com farinha. E estava criando meus filhos assim. A gente não precisava de muito dinheiro. Agora, que não tem mais peixe, a gente precisa de dinheiro. E as crianças estão comendo carne de boi e frango que a gente compra na cidade, enlatados, salsichinhas e miojo, que é o que mais tem por aqui. E estão adoecendo. O pacu, principal peixe da alimentação tradicional dos Juruna, quase sumiu. E aqueles exemplares que são pescados estão muito magros. O peixe mais presente na aldeia, neste momento, é sardinha em lata”, disse ela, em depoimento à jornalista Eliane Brum.

Os Juruna não têm mais rio, não têm floresta, não têm peixe e há grandes chances de não terem futuro.

Via: El País Brasil

Foto: Lilo Clareto

Saiba mais: https://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/03/opinion/1491235482_452762.html

Veja nossos vídeos sobre Belo Monte

Justiça para Belo Monte

Justiça para Belo Monte

A licença de operação da usina de Belo Monte, no Pará, foi suspensa pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). Pela decisão da Justiça, o reservatório da hidrelétrica não poderá ser formado até que o sistema de saneamento básico de Altamira (PA) seja concluído.

Essa era uma condicionante da operação do projeto e deveria ter sido entregue em julho de 2014. Como várias outras, ficou ao léu.

Sem saneamento, a população local corre risco de contrair doenças nas águas que se elevam junto com o reservatório.

A suspensão não causa dano à economia, pois o linhão que transmitirá energia ao Sudeste não está pronto. É o praxe de Belo Monte, aliás.

Algoz de longa data do povo xinguano, a Norte Energia se vê agora inimiga de si mesma. Sua inação lhe esgota a própria energia. Será que o monstro olhará além do girar da turbina?

Via: Ministério Público Federal – MPF

Foto: Fernando Cavalcanti/VEJA

Saiba mais: https://www.mpf.mp.br/regiao1/sala-de-imprensa/noticias-r1/trf1-suspende-licenca-de-operacao-de-belo-monte

Veja nossos vídeos sobre Belo Monte