Escolha uma Página

Artigos da categoria…

catastrophe ambiental

Há que se cuidar do mundo

Há que se cuidar do mundo

"Há que se cuidar da vida, há que se cuidar do mundo.” Após receber o apoio de soldados israelenses no resgate de Brumadinho,...

ler mais
Hidrovia faz mal aos rios

Hidrovia faz mal aos rios

Por pouco não foram votados esta semana na Câmara projetos para construir hidrovias em rios como o Tapajós e o Teles Pires, na Amazônia.

ler mais
Degelo polar do tamanho da Índia

Degelo polar do tamanho da Índia

O planeta já perdeu mais do que uma Índia em gelo polar este ano. E o derretimento atinge os dois polos. Tudo indica que 2016 será o ano mais quente da história.

ler mais
Prejuízos do clima

Prejuízos do clima

Todo ano, os desastres provocados pelos eventos climáticos extremos empurram 26 milhões de pessoas para abaixo da linha de pobreza.

ler mais
Cada vez mais quente

Cada vez mais quente

O aquecimento da Terra chegou, nos primeiros nove meses de 2016, a cerca de 1,2º C acima da média pré-industrial. A notícia foi dada hoje pela Organização Meteorológica Mundial (OMM) na Conferencia Mundial do Clima da ONU (COP22), em Marrakesh.

ler mais
Rio Doce sob vigilância

Rio Doce sob vigilância

A Samarco terá que contratar uma perícia emergencial para verificar se a lama de rejeitos de minério de ferro ainda vaza da barragem de Fundão, em Mariana.

ler mais
Belo Monte foi superfaturada

Belo Monte foi superfaturada

A construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, foi superfaturada em pelo menos R$ 3,2 bilhões. O sobrepreço apontado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) é de cerca de 10% do custo total da obra.

ler mais
Krenaks de Mariana sem água

Krenaks de Mariana sem água

Entre os atingidos pela tragédia de Mariana estão os índios Krenak. Desde que o Rio Doce foi contaminado pela lama, sua sobrevivência e suas atividades dependem de caminhões-pipa e garrafas de água.

ler mais
De olho no clima

De olho no clima

Para combater as mudanças climáticas com ambição, é importante ter a consciência de como elas já se fazem presentes em nosso dia a dia. Começa hoje a 22ª Conferência Mundial do Clima da ONU (COP22), em Marrakech, Marrocos.

ler mais
O Ártico em nossas mãos

O Ártico em nossas mãos

Se deixarmos de comer bife todos os dias durante dois meses, cada um de nós evitará o derretimento de 3 m² de gelo no Ártico. Uma área igual será preservada na gélida região por cada pessoa que rodar 4.000 km a menos com seu carro a gasolina.

ler mais
Para as futuras gerações

Para as futuras gerações

Um grupo de 459 idosas suíças está processando o governo de seu país sob a acusação ignorar as metas para reduzir emissões de gases de efeito estufa. É sabedoria de quem não quer deixar aos netos um planeta arruinado.

ler mais
Corais agonizam

Corais agonizam

Pelo quinto ano consecutivo, o governo da Austrália classificou como “péssima” a qualidade da água, da flora marinha e dos corais da região da Grande Barreira de Corais. O gigantesco ecossistema é vítima do escoamento agrícola desordenado e do aquecimento global, que causa seu branqueamento.

ler mais
Descarboniza, Brasil!

Descarboniza, Brasil!

Como o Brasil pode chegar mais limpo, saudável e sustentável à metade do século? Conheça algumas propostas no 4º Seminário Nacional Sobre Emissões de Gases do Efeito Estufa – Como Descarbonizar o Brasil até 2050, que acontece na quinta-feira, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

ler mais
Justiça para Mariana

Justiça para Mariana

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou ontem 21 pessoas da Samarco, da Vale e da BHP Billiton, por homicídio com dolo eventual pelo rompimento da barragem de Fundão, que causou a tragédia de Mariana. As três empresas, por sua vez, foram denunciadas por crime ambiental de poluição e contra a fauna, a flora e o ordenamento urbano.

ler mais
Merenda envenenada

Merenda envenenada

Uma pesquisa do Greenpeace Brasil com alimentos de um fornecedor das escolas municipais do Rio de Janeiro detectou uso irregular de agrotóxicos em 45% das 20 amostras analisadas.

ler mais
Alívio real e imediato

Alívio real e imediato

Foi aprovada, na madrugada de hoje, a Emenda de Kigali ao Protocolo de Montreal. Seu objetivo é reduzir em 85% o uso de gases HFC em todo o mundo até 2047. Trata-se da medida mais efetiva para frear o aquecimento global no curto prazo.

ler mais
Vamos virar o jogo?

Vamos virar o jogo?

O Brasil se alinhou a países como China, Argentina e África do Sul na defesa de uma emenda mais ambiciosa ao Protocolo de Montreal. Entretanto, a proposta deste bloco ainda não é a ideal.

ler mais
É hora de esfriar o planeta

É hora de esfriar o planeta

Está acontecendo em Ruanda uma reunião internacional que vai definir o futuro do planeta. Na cidade de Kigali, as nações signatárias do Protocolo de Montreal vão incluir uma emenda ao tratado sobre o uso do gás HFC em aparelhos de refrigeração.

ler mais
Refresco para o clima e para o bolso

Refresco para o clima e para o bolso

A Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava) já manifestou o seu apoio à aprovação de uma emenda mais ambiciosa ao Protocolo de Montreal, como a proposta em Nova York por mais de cem países, em setembro. Falta o governo brasileiro fazer o mesmo.

ler mais
Esperança depende de ação

Esperança depende de ação

A União Europeia ratificou ontem o Acordo de Paris. Agora, o tratado já tem data para entrar em vigor: 4 de novembro. Sozinhos, os compromissos previstos no acordo são insuficientes para manter o aquecimento global abaixo de 2º C até 2100.

ler mais
Lidera, Brasil!

Lidera, Brasil!

O Brasil não está entre países que apoiaram recentemente a adoção de uma emenda mais ambiciosa ao Protocolo de Montreal. Mas o Ministério do Meio Ambiente divulgou uma nota neste fim de semana se comprometendo a fazer isso na reunião dos signatários do tratado na semana que vem, em Kigali, Ruanda.

ler mais
Semana decisiva para o clima

Semana decisiva para o clima

Terceiro maior emissor de gases de efeito estufa do mundo, a Índia ratificou ontem o Acordo de Paris. O gigante asiático responde por 4,1% do volume de poluentes lançados globalmente na atmosfera. Os 62 países que já ratificaram o tratado somam quase 52% das emissões mundiais.

ler mais
Refresco no clima e na conta de luz

Refresco no clima e na conta de luz

A indústria de ar condicionado cresce de 10% a 15% por ano no Brasil. E além de contribuir com o aquecimento global, também está aumentando o consumo de eletricidade no país. Investindo-se em tecnologias com maior eficiência energética, é possível reduzir também a conta de luz.

ler mais