Artigos da categoria…

catastrophe ambiental

Um alívio imediato para o clima

Um alívio imediato para o clima

Mais de cem países manifestaram seu apoio pela aprovação de uma emenda “ambiciosa” ao Protocolo de Montreal. Caso seja aprovada, ela poderá reduzir em de 100 a 200 bilhões de toneladas as emissões de gases do efeito estufa até 2050, e esta redução poderá ser ainda maior caso se invista em tecnologias com maior eficiência energética.

ler mais
Cadê o Brasil nessa lista?

Cadê o Brasil nessa lista?

A Casa Branca anunciou esta semana que mais de 100 países (entre eles EUA, Argentina, Chile, Colômbia, os 28 membros da União Europeia e os 54 países da África) reunidos hoje em Nova York estão pleiteando uma emenda “ambiciosa” ao Protocolo de Montreal para a redução e a eliminação graduais do uso de HFCs.

ler mais
Um ano de extremos

Um ano de extremos

Instabilidade e variações ao longo do ano. Diante da avalanche de leis semeada pela bancada ruralista no Congresso, o estrago socioambiental foi até pequeno. Estrago real e muito maior quem mostrou, de fato, foi a natureza, revoltada com nosso descaso.

ler mais
Mariana mais uma vez?

Mariana mais uma vez?

Mesmo depois da tragédia de Mariana, a irresponsabilidade da Samarco/Vale parece não chegar ao fim. Com o rompimento da barragem de Fundão, 10 bilhões de litros de rejeitos de minério ficaram retidos na usina hidrelétrica Risoleta Neves, conhecida como Candonga. Agora, é ela que periga romper.

ler mais
Não vai dar praia no Rio de Janeiro

Não vai dar praia no Rio de Janeiro

Um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro detectou a presença de superbactérias no litoral da cidade. E não só em praias geralmente impróprias para o banho, mas também em Copacabana, Ipanema e Leblon. A Klebsiella pneumoniae Carbapenemase (KPC) é geralmente encontrada em ambientes hospitalares.

ler mais
Vai chover veneno!

Vai chover veneno!

O Aedes aegypti é uma praga, mas o combate ao mosquito pode causar um dano ainda maior. Está tramitando no congresso uma emenda que visa a liberação do uso de aviões para pulverizar inseticidas sobre áreas urbanas.

ler mais
Não vamos esquecer da PEC da Devastação!

Não vamos esquecer da PEC da Devastação!

Tem muita coisa acontecendo no país, mas não dá para esquecer da PEC 65. Se for aprovada, ela vai permitir a realização de obras sem licenciamento ambiental. Periga o desastre de Mariana se tornar corriqueiro.

ler mais
Tragédia interestadual

Tragédia interestadual

A lama despejada pela Vale/Samarco no criminoso desastre de Mariana (MG) continua a avançar e já cruzou as fronteiras marinhas do Espírito Santo tanto para o norte, quanto para o sul.

ler mais
Mais eficiência no combate ao desmatamento

Mais eficiência no combate ao desmatamento

A University of Maryland, o Google e o World Resources Institute acabam de lançar um novo sistema de monitoramento das florestas brasileiras. Com emissão semanal de alertas e alto grau de precisão, a criação promete otimizar a resposta das autoridades a novos sinais de desmatamento.

ler mais
Gigantes em extinção

Gigantes em extinção

Elas estão aí desde os tempos da pedra lascada, mas os seus dias podem estar contados. Sequoias, abetos, eucaliptos e baobás de até cem metros de altura e milhares de anos de idade estão sumindo do mapa.

ler mais
Calor que desorienta

Calor que desorienta

As mudanças climáticas estão causando desencontros. As altas temperaturas aliadas à baixa incidência de chuvas estão prejudicando a sincronização entre a época de floração e a de voo das borboletas.

ler mais
Estamos chegando ao limite

Estamos chegando ao limite

Segundo o “State of the Climate”, relatório anual sobre o clima, alguns recordes preocupantes foram quebrados no ano passado.Temperatura, nível dos oceanos e emissões de gases do efeito estufa atingiram as maiores marcas da história moderna.

ler mais
Feio Monte

Feio Monte

Praticamente concluída, a usina de Belo Monte só tem beleza no nome. A hidrelétrica é um monstrengo, em vários sentidos. Muita coisa feia foi feita também para que ela fosse construída, enquanto boa parte das obras prometidas para reduzir impactos sociais e ambientais causados por ela na região ainda estão no papel – ou saíram de qualquer jeito, como escolas sem professores e alunos, redes de saneamento básico que não funcionam. Uma empreitada movida a propina.

ler mais
Mercúrio em Terra Indígena

Mercúrio em Terra Indígena

Entre as várias denúncias feitas à relatora especial da ONU sobre direitos dos povos indígenas Victoria Tauli-Corpuz em sua recente visita ao Brasil, uma das mais graves certamente é a que trata da contaminação causada por mercúrio em índios Yanomami e Ye’kuana, no norte de Roraiama.

ler mais
Rio Doce entra na Justiça

Rio Doce entra na Justiça

Como ninguém ainda pagou o pato por Mariana, o próprio Rio Doce vai tomar uma providência: já que dois anos se passaram e quase nada aconteceu, ele próprio entrou na Justiça. A ação foi ajuizada contra os governos federal e de Minas Gerais, e o rio foi representado pela Associação Pachamama.

ler mais
Os oceanos pedem socorro

Os oceanos pedem socorro

Pesquisadores da Universidade de Adelaide, na Austrália, simularam uma rede alimentar marinha para analisar como as mudanças climáticas poderiam afetar o futuro do fornecimento de peixes para alimentação humana e a biodiversidade naquele ecossistema. O resultado não foi nada bom.

ler mais
Não há como esquecer Mariana

Não há como esquecer Mariana

O descaso da Vale/Samarco não se resume à tragédia de Mariana em si, mas também às providências desastradas que a empresa vem tomando na tentativa de minimizar seus efeitos. E caso o Projeto de Lei que flexibiliza o licenciamento ambiental seja aprovado, a lama pode se espalhar por todo o país.

ler mais
O incrível lago que encolheu

O incrível lago que encolheu

O Mar de Aral, no Cazaquistão, já foi um dos maiores lagos do mundo. Não à toa, era chamado de mar; daqui a pouco, vai ser conhecido como poça.

ler mais
Um mar de lixo no Ártico

Um mar de lixo no Ártico

A conclusão de um estudo publicado pela revista “Science Advance” foi que o Oceano Ártico está virando um “aterro marinho”, com algo em torno de 1.200 toneladas de lixo. Um quarto deste total, ou cerca de 300 bilhões peças, são itens de plástico.

ler mais
Horizonte cinzento

Horizonte cinzento

É uma questão de sobrevivência: ou a gente detém a fumaceira, ou as mortes prematuras causadas pela poluição do ar vão aumentar até 2040.

ler mais