Escolha uma Página
O amargo retorno do Japão à caça à baleia

O amargo retorno do Japão à caça à baleia

Tão reconhecido por bons projetos de sustentabilidade, o Japão tomou uma decisão que nos remete à Idade Média. O país asiático não só se desligou da Comissão Internacional da Baleia (CIB), como anunciou a retomada da caça a esses animais marinhos em suas águas para fins comerciais a partir de julho de 2019, desprezando o fato de que algumas espécies estão em extinção.

Os baleeiros nipônicos, assim, ficarão à vontade para cometer atrocidades contra um dos mamíferos mais amados do mundo. O Japão agora se associa à Islândia e Noruega, únicas nações que mantêm essa prática. Organizações e movimentos internacionais defensores dos direitos dos animais, uni-vos!

Via DW

Fotos: Portos 

Saiba mais

Luta pelas baleias continua

Luta pelas baleias continua

A proposta de criação de um santuário de baleias no Atlântico Sul foi derrotada em votação na Comissão Baleeira Internacional.
Mesmo que não sejam banhados pela área de proteção marítima, Japão, Noruega e Islândia lideraram o grupo pró-caça.
Apesar da frustração, o crescente apoio ao santuário mostra que, mais cedo ou mais tarde, sua criação será aprovada.
A próxima reunião da Comissão Baleeira Internacional, em 2018, tem chances de ocorrer no Brasil. É a melhor oportunidade para a vitória.
Via: Greenpeace Brasil e The Guardian
Foto: Paulo de Araújo / MMA
Saiba mais: https://www.greenpeace.org/brasil/pt/Noticias/Criacao-do-Santuario-de-Baleias-do-Atlantico-Sul-e-negada-mas-nao-desistiremos/

O recanto do cetáceo

O recanto do cetáceo

O Ministério do Meio Ambiente aproveitou o período olímpico para lançar lançando uma campanha internacional pela criação do Santuário das Baleias do Atlântico Sul.
Além do Brasil, a proposta é apoiada por Argentina, Uruguai, África do Sul e Gabão.
Os ambientalistas estão confiantes de que a Comissão Internacional Baleeira aprove a iniciativa em sua próxima reunião, que vai acontecer no mês que vem, na Eslovênia.
A área de preservação se estenderia da Linha do Equador até os limites do Santuário de Baleias do Antártico.
As baleias merecem paz.
Via EBC
Saiba mais: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2016-08/ambientalistas-confiantes-na-criacao-do-santuario-das-baleias-do-atlantico-sul

Baleia à vista!

Baleia à vista!

As baleias começam a chegar à Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, em Santa Catarina.

É aquela época do ano em que os bichões chegam bem pertinho do litoral, e podem ser vistos da terra firme. Às vezes nem precisa de binóculo.

A observação em barcos foi suspensa há três anos, mas pode ser liberada agora.

Vale a pena ficar de olho.

Desde que a sua caça foi proibida praticamente no mundo inteiro, a população de cetáceos vem crescendo e aparecendo.

A dança das baleias francas é daqueles espetáculos da natureza que podem ser chamados de inesquecíveis.

Via Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade

Foto: Cultura Mix

Saiba mais: https://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/7983-comeca-temporada-de-observacao-de-baleias-em-sc