Escolha uma Página
O Acampamento Terra Livre precisa de nossa ajuda

O Acampamento Terra Livre precisa de nossa ajuda

Indígenas de todo país vão se reunir em Brasília entre os dias 24 e 26 de abril. É a 15ª edição do Acampamento Terra Livre (ATL). Este é o maior encontro de povos indígenas brasileiros para tratar da preservação dos seus direitos.

Este ano estão em foco o esvaziamento da Funai, a paralisação na demarcação das terras e a municipalização do sistema de saúde. Também estão no debate o marco temporal de 1988, as invasões dos territórios e a violência contra as lideranças.

Contribua: Seja um apoiador do ATL

Esta iniciativa é espontânea e independente. Vamos ajudar a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) com o financiamento coletivo na internet e doação de mantimentos e milhas de companhias aéreas para os indígenas que moram em locais afastados?!
Pelo direto de existir.

O ATL

Mais de 4 mil indígenas, de mais de 160 etnias e de todos os estados do país estarão em Brasília para o ATL. O evento, que acontece há 15 anos, é o maior encontro de povos indígenas do Brasil.

A Uma Gota No Oceano irá atuar na assessoria de comunicação do Acampamento apoiando a grande mídia nacional e a imprensa internacional na cobertura do evento.

Saiba mais:

 

Encontro dos povos indígenas

Encontro dos povos indígenas

Lideranças indígenas de todo Brasil estarão reunidas em Brasília, entre os dias 24 e 26 de abril, durante o 15° Acampamento Terra Livre (ATL). Elas vão mostrar o que querem e, principalmente, precisam para os próximos anos. Demarcação de terras, a não municipalização da saúde indígena e o fim do genocídio dos povos são algumas das pautas desta edição do ATL.

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e a Mobilização Nacional Indígena esperam reunir milhares de indígenas de todas as regiões do Brasil.
#AcampamentoTerraLivre #APIB #MobilizaçãoNacionalIndígena#CadaGotaConta

Os filhos naturais do Brasil

Os filhos naturais do Brasil

A relação do Estado Brasileiro com os povos indígenas é de mau padrasto, embora eles sejam os seus filhos naturais. De um ano para cá, porém, esta relação vem se degenerando assustadoramente. Os seus direitos originários, mesmo que assegurados pela Constituição, têm-lhes sido tirados como se concedidos por favor. Os ataques partem tanto do Legislativo, onde a bancada ruralista ocupa desproporcionais 40% das cadeiras, quanto do Executivo, que planeja revisar processos de demarcação feitos pela hoje bastante debilitada Funai. O Judiciário, por sua vez, contribui com sua cota de castigos julgando com morosidade casos de reintegração de posse. Por isso, é preciso responder à altura.

E é por isso que o Acampamento Terra Livre (ATL) deste ano será o maior de sua história. Mais de três mil vozes da floresta serão ouvidas no encontro, que acontece esta semana, até sexta-feira, em Brasília. Todas gritando em uníssono: “Demarcação, já!”. Você pode se juntar a elas, mesmo à distância, se manifestando nas redes sociais, aderindo à campanha Mexeu com o índio, mexeu com o clima, pintando o seu rosto, usando as hashtags #MexeuComÍndioMexeuComClima, #CadaGotaConta, #TamuAtéAki, #DemarcaçãoJá #ATL2017 e #MenosPreconceitoMaisÍndio e assinando e compartilhando a petição Presidente Temer e ministro Serraglio: respeitem os direitos indígenas!

Vamos acreditar, dá para virar este jogo! No início deste mês, os povos do Xingu conquistaram duas grandes vitórias na Justiça: as licenças de operação e de instalação da hidrelétrica de Belo Monte e da mineradora canadense Belo Sun foram suspensas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1), a pedido do Ministério Público Federal no Pará. A ATL 2017 tem outra novidade: pela primeira vez o evento contará com a participação de outros povos indígenas das Américas do Sul e Central, e da Indonésia. Afinal, os problemas enfrentados pelos parentes de lá são bem parecidos com os de cá. A cobiça é um mal que desconhece fronteiras.

Leia a convocatória do ATL: https://mobilizacaonacionalindigena.wordpress.com/2017/03/20/convocatoria-acampamento-terra-livre-2017/

Foi dada a largada para o ATL 2017

Foi dada a largada para o ATL 2017

Lideranças indígenas de todo o país se reúnem em Brasília, de 24 a 28 de abril, no Acampamento Terra Livre 2017 (ATL). Em pauta, os ataques que os direitos indígenas vêm sofrendo do Executivo, do Legislativo e do Judiciário.

O ATL é organizado pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – Apib e pelos parceiros da Mobilização Nacional Indígena. Uma Gota no Oceano faz parte um grupo de organizações que apoiam a causa. 

Leia a convocatória: https://mobilizacaonacionalindigena.wordpress.com/2017/03/20/convocatoria-acampamento-terra-livre-2017/