nosso
Olhar


Xingu no #DesafioDos10Anos

Xingu no #DesafioDos10Anos

Entramos no #DesafioDos10Anos! A imagem abaixo se refere à região da Volta Grande do Xingu, no Rio Xingu, no Pará, em 2007, antes de o rio ser desviado para a construção da hidrelétrica de Belo Monte, e em 2017, depois do desvio. O Movimento É a Gota D’água já alertava para essa destruição desde 2011, questionando a construção deste monstrengo. Essa obra, que custou mais de R$ 30 bilhões, gerou impactos socioambientais na região, como a violação de direitos de indígenas e ribeirinhos e morte de milhões de peixes, comprometendo não só a renda como a própria alimentação da comunidade.

A destruição da floresta ali, inclusive em terras indígenas, também é uma triste realidade. Assim, Volta Grande continua sob ameaça e, no próximo desafio dos 10 anos, esta imagem poderá retratar algo muito pior. A mineradora canadense Belo Sun pretende instalar na região a maior mina de ouro do Brasil, destruindo ainda mais o meio ambiente e a vida dos moradores da região. Isso tudo a 13 km da barragem de Belo Monte. Vale lembrar ainda que o novo presidente da Funai, Franklimberg de Freitas, tinha deixado o cargo no ano passado e se tornou conselheiro desta mesma mineradora responsável pela exploração na região.

 



Publicações

É hora de ouvir os povos indígenas

Tem muita gente por aí dizendo saber o que o índio quer. Os palpites são muitos...

O Acampamento Terra Livre precisa de nossa ajuda

Indígenas de todo país vão se reunir em Brasília entre os dias 24 e 26 de...

Biodiversidade de Abrolhos sob ameaça

Abrolhos, com seu mar azul esverdeado, é um arquipélago localizado no sul da Bahia. O primeiro...

Em nome de que enterramos nossos rios?

Tratamos nossos rios como lixo. Nas grandes cidades brasileiras eles foram varridos para debaixo do tapete....

Van distribui cinema e sustentabilidade

Sustentabilidade de cinema, só que na vida real. O projeto Cinesolar transporta filmes e noções de...

Em 4 anos, 301 espécies são descobertas na Amazônia

Toda hora sai um coelho novo da cartola da Amazônia. Ou macaco: o da foto foi...

Em nome de que, São Francisco?

Os Caeté o chamavam Opará, “rio-mar”. E assim como aquele povo indígena, extinto ainda no século...

Há que se cuidar do mundo

"Há que se cuidar da vida, há que se cuidar do mundo.” Depois de receber o...

Tropical e sustentável

Para se livrar do danoso uso do plástico, um supermercado tailandês teve a grande ideia de...

Um zoológico para todos

A vida de Cannelle e Canaille daria um roteiro de cinema. Os dois ursinhos marrons são...