Escolha uma Página
Frio glacial nos Estados Unidos

Frio glacial nos Estados Unidos

“O inverno está chegando” nos Estados Unidos. Os fãs da série “Game of Thrones” se arrepiam só de ouvir essa frase, pois sabem que boa coisa não vem. A população já sofre com uma frente fria que pode produzir uma temperatura até -50º C. Pelo menos 21 pessoas já morreram. O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA (com sigla NWS em inglês) previu que será o clima mais frio das últimas décadas no centro-oeste do país, sobretudo em Dakota, Minnesota, Iowa, Wisconsin e no norte de Illinois.

Mas pelo menos 75% da população americana vai conviver com temperaturas abaixo de zero. Nevascas fortes podem provocar condições de viagem perigosas ou impossíveis. Escolas e aeroportos fechados vão fazer parte do dia a dia. Uma massa de ar vinda do do Polo Norte causou todo esse caos. E ainda há quem encare as mudanças climáticas como uma lenda do tipo o Abominável Homem das Neves.

Via BBC News Brasil

Foto: Jenn Ackerman/The New York Times

Saiba mais

A neve também é culpa do calor

A neve também é culpa do calor

A costa leste dos Estados Unidos está soterrada sob a neve e a culpa é do calor. Um estudo publicado no Nature Communications, baseado numa análise de dados dos últimos 65 anos, relaciona diretamente as temperaturas cada vez mais quentes no Ártico – até 10°C acima da média do inverno – com o aumento do frio no país.

“As mudanças climáticas estão levando as baixas temperaturas do Polo Norte para regiões temperadas. É um fenômeno anunciado, severo e perigoso”, disse Jennifer A. Francis, física atmosférica da Universidade Rutgers, uma das autoras do estudo. Tá quente? Tá frio!

Via Observatório do Clima

Foto: Robert Ray/AP

Saiba mais

Conservadores pelo clima

Conservadores pelo clima

Pode parecer surpreendente, mas existe um movimento em defesa do meio ambiente e do clima dentro do Partido Republicano dos EUA. Diante das medidas e da verborragia negacionistas de Donald Trump, esses conservadores estão buscando multiplicar esforços.

Grupos como o republicEn e a Aliança Católica para o Clima tentam convencer cada vez mais congressistas republicanos a abordar a mudança climática e moderar a agenda presidencial.

Mas, por enquanto, menos de um décimo dos 237 republicanos da Câmara dos Deputados falou em público sobre a questão em 2017.

Há uma pequena vitória ambientalistas conservadores, pelo menos.

O Caucus Soluções para o Clima, um bloco de votação pró-ambiente do Congresso, conseguiu filiar mais republicanos nos últimos dois meses do que em todo o último ano da gestão Obama.

Qualquer bufada de esperança que emane dos arredores da Casa Branca é muito bem-vinda!

Via: G1 – O Portal de Notícias da Globo

Foto: AP Photo/Marco Garcia

Saiba mais: https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/ambientalistas-republicanos-tentam-influenciar-abordagem-climatica-de-trump.ghtml