Escolha uma Página
O Ártico em nossas mãos

O Ártico em nossas mãos

Se deixarmos de comer bife todos os dias durante dois meses, cada um de nós evitará o derretimento de 3 m² de gelo no Ártico.

Uma área igual será preservada na gélida região por cada pessoa que rodar 4.000 km a menos com seu carro a gasolina.

Os cientistas Dirk Notz, da Alemanha, e Julienne Stroeve, dos EUA, fizeram esses cálculos para nos ajudar a entender quanto a humanidade afeta o clima.

Rever hábitos pessoais não é solução única, mas, sim, complementar às ações em larga escala de acordo diplomáticos internacionais.

Via: Observatório do Clima

Foto: PA

Saiba mais: https://www.observatoriodoclima.eco.br/quer-saber-quanto-voce-muda-o-clima/

Quem nega as mudanças climáticas está enxugando gelo

Quem nega as mudanças climáticas está enxugando gelo

Cientistas detectaram que uma fenda na quarta maior plataforma de gelo da Antártida já chegou a 130 km de extensão.
Essa rachadura vai fazer com que um bloco de 6.000 km² – cinco vezes a área da cidade do Rio de Janeiro – simplesmente se desprenda do continente gelado.
Para piorar, também foram contabilizados quase 8 mil lagos na superfície dos glaciares na costa Leste – justamente o fenômeno que antecedeu o degelo na Groenlândia nos últimos anos.
Precisamos encarar os fatos e agir!
Via Revista Visão
Foto: Latinstock
Saiba mais:  https://visao.sapo.pt/ambiente/clima/2016-08-26-Bloco-de-gelo-do-tamanho-do-Alto-Alentejo-vai-soltar-se-na-Antartida