Escolha uma Página
Impasse no Cerrado e na Chapada

Impasse no Cerrado e na Chapada

O Instituto Chico Mendes (ICMBio) propôs que o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, seja ampliado de 65 mil para 222 mil hectares. Mas a Secretaria goiana de meio ambiente quer limitar a expansão a 155 mil hectares.

A diferença diz respeito a terras que ainda dependem de regularização fundiária.

Em meio ao avanço de lavouras de soja no Cerrado, desconfia-se de influência do agronegócio sobre o governo de Goiás. Mas a preservação da biodiversidade do bioma precisa falar mais alto.

Via: EBC na Rede

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Saiba mais: https://www.ebc.com.br/especiais/especial-novos-horizontes-para-a-chapada-dos-veadeiros

Preservada em gelo

Preservada em gelo

Uma comissão com 24 países e a União Europeia criará a maior reserva marinha do mundo para conservar as águas da Antártida.

A área de proteção englobará o mar de Ross, uma imensa baía no Oceano Pacífico apontada como o último ecossistema marinho intacto do planeta. Não há contaminação, sobrepesca ou espécies invasoras.

Por mais distante que a Antártica pareça estar, sua preservação é imprescindível para frear o derretimento de geleiras e a elevação do nível dos mares.

No combate às mudanças climáticas, cada gota conta.

Via G1

Foto: Reuters

Saiba mais: https://g1.globo.com/natureza/noticia/2016/10/comissao-fecha-acordo-para-criar-maior-reserva-maritima-do-mundo.html

Luta pelas baleias continua

Luta pelas baleias continua

A proposta de criação de um santuário de baleias no Atlântico Sul foi derrotada em votação na Comissão Baleeira Internacional.
Mesmo que não sejam banhados pela área de proteção marítima, Japão, Noruega e Islândia lideraram o grupo pró-caça.
Apesar da frustração, o crescente apoio ao santuário mostra que, mais cedo ou mais tarde, sua criação será aprovada.
A próxima reunião da Comissão Baleeira Internacional, em 2018, tem chances de ocorrer no Brasil. É a melhor oportunidade para a vitória.
Via: Greenpeace Brasil e The Guardian
Foto: Paulo de Araújo / MMA
Saiba mais: https://www.greenpeace.org/brasil/pt/Noticias/Criacao-do-Santuario-de-Baleias-do-Atlantico-Sul-e-negada-mas-nao-desistiremos/

Para o que é belo continuar assim

Para o que é belo continuar assim

Com quase três milhões de hectares, o Mosaico do Jalapão foi oficialmente reconhecido e criado pelo Ministério do Meio Ambiente. Ele abrange unidades de conservação (UCs) na Bahia e no Tocantins, situadas no Cerrado.
A estrutura recém-criada possibilita a gestão integrada de áreas como o Parque Estadual do Jalapão e a Área de Proteção Ambiental do Jalapão.
A preservação da biodiversidade dessa região é vital. Lá estão nascentes de afluentes das bacias hidrográficas do Tocantins, do Parnaíba e do São Francisco, além de espécies em extinção.
É um primeiro passo. Que a gestão seja eficiente!
Via: Portal Amazônia
Foto: Alex Venom
Saiba mais: https://portalamazonia.com/noticias/mosaico-jalapao-em-tocantins-e-reconhecido-pelo-ministerio-do-meio-ambiente

Preservação ambiental só no papel

Preservação ambiental só no papel

O que mais tem é área de preservação ambiental no papel. No mundo real, porém, só 10% delas estão realmente intocadas. É o que revela um estudo internacional comandado pela Universidade de Queensland, na Austrália.

A situação é especialmente preocupante em Ruanda, Ucrânia, Paquistão, Polônia e Kuwait. Mas as coisas no Brasil tendem a piorar com as indicações políticas no ICMBio, órgão que cuida das Unidades de Conservação e que teve uma redução de 44% em seu orçamento em relação ao ano passado. Em nome de que não cumprimos nem o que prometemos a nós mesmos?

Via O Globo

Foto: Fábio Nascimento/Greenpeace

Saiba mais