Escolha uma Página

Céu de carbono

31 de outubro de 2017

O planeta azul está cinza como nunca. Em 2016, a concentração mundial de dióxido de carbono (CO2) atingiu o mais alto nível dos últimos 800 mil anos. O aumento nas últimas sete décadas não tem precedentes na História da Humanidade. Os dados foram divulgados ontem (30/10) pela World Meteorological Organization, e certamente vão influenciar a próxima Conferência do Clima (COP-23), em novembro, na Alemanha.

As concentrações de CO2 estão 145% mais altas do que em níveis pré-industriais (antes de 1750): chegaram a 403,3 partes por milhão em 2016, contra 400 em 2015. Isso graças a uma combinação explosiva da mão humana com o El Niño. Somos impotentes contra fenômenos naturais, mas podemos fazer a nossa parte.

Via G1 – O Portal de Notícias da Globo

Foto: Agência Brasil

Saiba mais