Escolha uma Página
O sertão de Rosa está condenado apenas à literatura?

O sertão de Rosa está condenado apenas à literatura?

Nonada? O sertão de Guimarães Rosa está condenado a existir somente em sua literatura? A pecuária extensiva avança sobre o Mosaico Sertão Veredas Peruaçu, uma região de cerrado que já perdeu 37% de sua área para as pastagens.

Entre 2010 e 2016, foram desmatados 30.043 hectares, o que dá quase uma Belo Horizonte. O que mais preocupa é que áreas protegidas estão entre as mais afetadas – como a a Área de Proteção Ambiental (APA) Pandeiros, a maior de Minas.

Esse trem não é nada bom, sô!

Foto: Gustavo Stephan

Via Blog do Planeta

Saiba mais

A energia do Tapajós vem do sol!

A energia do Tapajós vem do sol!

O astro-rei não perde a majestade na terra dos Mundurukus.
Ele dá vida à floresta e pode ajudar a preservá-la.
Usinas solares podem ser uma alternativa à construção de hidrelétricas no rio – que, não custa lembrar, é o último afluente da margem direita do Amazonas a correr livre.
O Greenpeace Brasil e a Fundação Empowered by Light implataram projetos-piloto em duas aldeias da Terra Indígena Sawré Muybu.
Os painéis fotovoltaicos vão fornecer energia para uma escola e freezers comunitários. E mais importante do que isso: servirão de exemplos a serem seguidos.
Via Greenpeace Brasil
Saiba mais: https://www.greenpeace.org/brasil/pt/Noticias/Energia-solar-brilha-para-o-povo-Munduruku/