Escolha uma Página
Os Munduruku contra os garimpos ilegais

Os Munduruku contra os garimpos ilegais

Não teve como varrer para debaixo do tapete o que aconteceu com o Rio Doce. Mas longe de nossos olhos, calamidades semelhantes atingem outros rios brasileiros. No sudoeste do Pará, os Munduruku arriscam suas vidas lutando sozinhos para fechar grandes garimpos ilegais que tomam suas terras e a Floresta Nacional do Crepori.

O Rio da Tropa está morrendo e só eles têm tomado alguma providência. Os Munduruku são valentes e têm iniciativa: eles mesmos demarcaram a Terra Indígena Sawré Muybu. Sua luta precisa ecoar, pois quem deveria tomar providência faz ouvidos de mercador.

Via Folha de S.Paulo

Foto: Fabiano Maisonnave

Saiba mais