Escolha uma Página
Aedes aegypti em cana!

Aedes aegypti em cana!

A guerra contra o Aedes aegypti não pode ter trégua!
Mas o combate ao mosquito deve ser feito com respeito ao meio ambiente. Nada de fogo amigo! Chega de veneno!
Pensando nisso, pesquisadores da Escola de Engenharia de Lorena da Universidade de São Paulo criaram um larvicida que não agride a natureza e a nossa saúde.
Feito a partir do bagaço da cana-de-açúcar, o produto mata as larvas do inseto por asfixia em 24 horas. E ainda desintegra o seu exoesqueleto.
Os cientistas agora pensam em utilizar o mesmo princípio para atacar doenças como a leishmaniose e a esquistossomose.
Xô dengue, zika e chikungunya! Mas de forma sustentável.
Via UOL
Foto: Brasil sem vacinas
Saiba mais: https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2016/06/10/biolarvicida-obtido-do-bagaco-da-cana-mata-larvas-de-aedes-aegypti.htm

Veneno que vem do céu

Veneno que vem do céu

Ignorando pareceres técnicos, o presidente interino Michel Temer sancionou a lei que permite o uso de aviões para pulverizar inseticida sobre áreas urbanas.
A ideia é combater o mosquito Aedes aegypti.
Mas entidades como a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Abrasco Divulga, Conass Nacional e Conasems- Conselho Nacional De Secretrias Municipais de Saude e o Conselho Nacional de Saúde consideram a medida perigosa e ineficaz.
Um dos inseticidas mais usados no país, o malation, foi classificado como “possível cancerígeno” pela Organização Mundial de Saúde.
Governos – todos eles – são provisórios, mas os danos causados por suas decisões podem ser permanentes.
Via UOL
Saiba mais: https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2016/06/28/temer-contraria-tecnicos-e-permite-aviao-jogar-inseticida-contra-dengue.htm