Escolha uma Página
Mochila de luz

Mochila de luz

Luz para quem precisa. A jovem sul-africana Thato Kgatlhanye teve uma ideia brilhante para ajudar estudantes de regiões de seu país que não têm acesso à eletricidade: uma mochila que carrega uma bateria de energia solar. Com ela, a garotada pode estudar à noite.

E não é só isso: o utensílio é feito de sacolas plásticas recicladas. Thato ganhou o Prêmio Anzhisha, dado no país a jovens com projetos sociais inovadores. Graças à sua invenção, as crianças agora podem carregar a luz do sol nas costas para ganharem mais luz do conhecimento em casa.

Via Hypeness

Foto de divulgação

Saiba mais

Austrália renovável

Austrália renovável

Não é só o réveillon que chega primeiro na Austrália. A Tesla instalou no sul do país, em dezembro passado, a maior bateria do mundo, para armazenar a energia produzida pelo parque eólico local. Outra novidade renovável vai chegar agora aos telhados da região.

A empresa vai instalar, gratuitamente, suas telhas solares em casas populares. O dinheiro para bancar o projeto virá da venda do excedente de energia produzido pelas residências. A eletricidade gerada por 50 mil moradias equivale a de uma termelétrica a carvão. Energia limpa feita em casa.

Via CicloVivo

Foto: David Clarke

Saiba mais

Renováveis e mais baratas

Renováveis e mais baratas

Não é história de ficção científica, é para daqui a pouco: em dois anos as energias renováveis já podem custar menos do que carvão e petróleo. Em 2016, elas produziram 60% da energia consumida no mundo.

Os números são da Agência Internacional de Energia Renovável (Irena, na sigla em inglês): o custo de geração eólica caiu 25% desde 2010 e a solar, 73%. Investir em petróleo agora não parece um mau negócio apenas para o meio ambiente.

Via Revista Exame

Foto: Anders Frey Birkmose

Saiba mais

O ramo das fazendas solares está crescendo

O ramo das fazendas solares está crescendo

Plantando energia. O ramo das fazendas solares particulares está crescendo no Brasil. As empresas vendem eletricidade ao consumidor, que também sai ganhando – e em dose dupla.

Em primeiro lugar, tem o lucro ambiental; em segundo, pelos créditos de carbono que viram desconto na conta de luz. Dá para economizar até 15% por ano. Já são mais de 26 mil pequenas usinas instaladas no Brasil. Que a ideia de um futuro mais sustentável continue a frutificar.

Foto: Master Solar Energy

Assista à reportagem do Bom Dia Brasil

Energia solar caseira em alta

Energia solar caseira em alta

Choque de realidade. Com a conta de luz chegando às alturas, o consumidor corre atrás de alternativas: em um ano, aumentou mais de dez vezes o número de casas com energia solar no Brasil. Pulamos de 60 mil residências movidas a sol em 2017 para 633 mil em 2018. E a tendência é que esse número cresça bastante, já que o BNDES abriu uma linha de crédito especial para pessoa física – ou seja, o cidadão comum -, para aquisição de painéis solares.

O modelo também movimenta a economia: entre 25 e 30 empregos são criados no Brasil a cada megawatt de energia gerado. Hoje, o setor soma mais de 20 mil empregos diretos e indiretos. Ou seja, o sol nasce para todos.

Via UOL

Foto: Vivagreen

Saiba mais