Escolha uma Página
Triste liderança

Triste liderança

É muito perigoso defender a natureza no Brasil. Mais perigoso do que em qualquer outro lugar do mundo, segundo a ONG britânica Global Witness.
Só em 2015, 50 ambientalistas foram assassinados no país. No mundo inteiro, foram 185. Depois do Brasil vêm Filipinas (33), Colômbia (26), Peru (12) e Nicarágua (12).
Neste exato momento, os Ka’apor da Terra indígena Alto Turiaçu, no Maranhão, estão sob risco. Seu território está sendo invadido por por madeireiros, fazendeiros e grileiros.
“Cada vez há mais empresas que invadem a terra dos índios e silenciam a quem se opõe a seus planos de extrair recursos naturais”, diz um trecho do relatório. Desde 2008, seis lideranças Ka’apor foram assassinadas.

Leia a reportagem de O Globo: https://oglobo.globo.com/sociedade/sustentabilidade/brasil-o-pais-com-mais-assassinatos-de-ambientalistas-no-mundo-diz-ong-19542977

E assista ao depoimento de Mariusa Ka’apor, para a BBC Brasil: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-36585309

Foto: Ministério Público de Goiás