Escolha uma Página
Baixo carbono via Fernando de Noronha

Baixo carbono via Fernando de Noronha

Os governos de Pernambuco e da Califórnia (EUA) se uniram para transformar a ilha de Fernando de Noronha em um laboratório de gestão sustentável e negócios colaborativos de baixo carbono.

Em breve, podem pintar na ilha carros elétricos movidos a energia solar, acessados por aplicativos e compartilhados entre as pessoas.

Empresas interessadas em viabilizar essa empreitada serão reunidas por lá em dezembro.

Que dê certo e se multiplique. O estado do nosso planeta não permite retrocessos, apenas avanços.


Via Folha de S. Paulo


Foto: Ana Keli Calleari/Fotoli


Saiba mais: https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2016/11/1829927-fernando-de-noronha-vira-laboratorio-de-negocios-de-carbono-zero.shtml

Tolerância zero com a fumaça

Tolerância zero com a fumaça

Mais um exemplo sustentável que vem do frio.
O conselho municipal de Copenhague proibiu novos investimentos em combustíveis fósseis na cidade.
A capital dinamarquesa segue o bom exemplo de Paris, Oslo e Newcastle.
Na prática, a medida proíbe investimentos em empresas que obtêm mais de 5% de seu faturamento usando carvão, petróleo e gás.
A cidade perde dinheiro, mas seus moradores ganham em saúde.
Outras grandes cidades europeias podem seguir este caminho.
E por aqui, abaixo da linha do Equador, quando faremos algo parecido?
Via CicloVivo
Foto: Euroresidentes
Saiba mais: https://ciclovivo.com.br/noticia/copenhague-proibe-investimentos-em-combustiveis-fosseis/