Escolha uma Página

Réquiem para o boto-cinza

1 de agosto de 2016

O mais ilustre habitante da Baía de Guanabara está entre os animais mais contaminados do mundo, segundo estudos da UERJ..
E não é só isso: pode estar em vias de extinção.
Dos 800 botos que habitavam a baía nos anos 1970, restam apenas 36.
Símbolo da cidade do Rio de Janeiro, o cetáceo é mais uma vítima de nosso descaso com a natureza.
A despoluição da Baía de Guanabara talvez fosse o mais importante legado da Olimpíada.
Mais uma oportunidade perdida.
Via EBC na Rede
Foto: Custódio Coimbra/Agência O Globo
Saiba mais: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2015-08/botos-da-baia-de-guanabara-estao-entre-os-animais-mais-contaminado-do-mundo