Escolha uma Página

Gotas com indígenas e quilombolas em Brasília

18 de agosto de 2017

A equipe de Uma Gota No Oceano esteve em Brasília entre os dias 14 e 16 de agosto de 2017 para acompanhar o “Dia do Juízo Final” dos povos tradicionais brasileiros no Supremo Tribunal Federal (STF). Estavam em pauta ações envolvendo Terras Indígenas (TIs) no Mato Grosso, no Rio Grande do Sul e também terras quilombolas.

Depois de ter apoiado as campanhas promovidas pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e pela Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ),  respectivamente, as Gotas acompanharam de perto a entrega das assinaturas da petição dos quilombolas no gabinete da presidente do STF, a ministra Cármen Lúcia; a vigília com indígenas e quilombolas na Praça dos Três Poderes no dia que antecedeu o julgamento; e o julgamento na manhã do dia 16 sobre as TI do Mato Grosso. O julgamento da TI Ventarra, do Rio Grande do Sul e o julgamento da ADI dos quilombolas foram retiradas de pauta e serão remarcadas pela Suprema Corte.