Escolha uma Página

Festa da Menina Moça

7 de setembro de 2019

O povo Guajajara celebra, anualmente, o rito de passagem para a vida adulta de suas meninas. A Festa Menina Moça ilustra e reafirma a identidade cultural dos que habitam a Terra Indígena Arariboia, no Maranhão. Este ano, a celebração aconteceu no dia 7 de setembro, na Aldeia Lagoa Quieta. Ao todo, três mil meninas passaram pelo ritual.

Por tradição, o evento é sempre organizado pelas indígenas adultas, que preparam a comida e enfeitam as jovens com saias longas e pinturas de jenipapo. Também são função das adultas resguardar e proteger as meninas durante a festa.

Aos homens, é atribuída a caça dos animais para servir no dia seguinte à celebração e a construção dos barracões onde acontecem o ritual. Durante a festa, eles também dançam com as jovens.

Antes de serem apresentadas oficialmente como mulheres à aldeia e aos convidados da celebração, elas passam oito dias reclusas e acompanhadas apenas das mães, tias ou avós. Esse período é para que seus corpos ganhem formas adultas. Só participam meninas que já tiveram sua primeira menstruação – a confirmação da natureza de seus corpos de que elas já estão prontas para se casarem e dar continuidade à perpetuação do seu povo.

Uma Gota No Oceano marcou presença nesta que é uma das principais tradições dos povos indígenas brasileiros e que reforça valores culturais milenares.

#TamuAtéAki #EmNomeDeQuê? #PovosIndígenas #PovosTradicionais #UmaGotaNoOceano #CadaGotaConta