Escolha uma Página

O pequi Kĩsêdjê tem poder!

4 de fevereiro de 2019

Nada como começar a semana com uma boa notícia. Contas feitas, já dá para dizer que o povo Kĩsêdjê da Terra Indígena (TI) Wawi, no Mato Grosso, bateu seu próprio recorde de produção de óleo de pequi: 315 litros em 2018. Tudo começou em 2006, quando 263 árvores foram plantadas. Das sementes e da polpa dos pequizeiros, extraíram-se o produto e uma vitória com um simbolismo imenso.

Quando os Kĩsêdjê reconquistaram suas terras tradicionais, na bacia do Rio Pacas, se defrontaram com um território degradado por fazendeiros invasores. A TI Wawi foi homologada em 1998, mas até hoje sofre pressão de grandes agricultores. Mas ali o povo Kĩsêdjê se mantém, apresentando como resultado a recuperação do solo e uma importante geração de renda. E tem mais coisa boa: O óleo de pequi foi atração em setembro de 2018 em Turim, na Itália, no evento Terra Madre do Slow Food Internacional. Um sucesso danado.

Via Instituto Socioambiental – ISA

Foto: Rogério Assis/ISA

Saiba mais