nossa
História


Nossa petição reuniu 2,5 milhões de assinaturas

No dia 22 de dezembro, menos de dois meses depois do lançamento do Movimento Gota D’Água, fomos à Brasília entregar nossa petição com 2, 5 milhões de assinaturas aos ministros Gilberto Carvalho, da Casa Civil, Isabela Teixeira, do Meio Ambiente, e Edison Lobão, das Minas e Energia.

Mas o governo não só se mostrou insensível ao clamor de 2,5 milhões de brasileiros, como fez vista grossa com os pareceres técnicos do especialistas.

E, arbitrariamente, manteve a decisão de barrar o Rio Xingu e construir a Usina de Belo Monte.

 



Publicações

Expedição Tapajós

A Uma Gota no Oceano, junto com o diretor Luiz Fernando Carvalho, o fotógrafo Antônio Garcia...

Assembleia Geral 2018

Gotas em conselho: no dia 5 de novembro tivemos nossa assembleia geral, onde fizemos um balanço...

Gotas com os Guardiões em São Francisco

Das terras Yurok, partimos com os Guardiões da Floresta para São Francisco, cidade onde foram realizados...

Guardiões de Floresta e Gotas em terras Yurok

Uma Gota no Oceano testemunhou um momento histórico: pela primeira vez, houve uma reunião dos Guardiões...

Cumbre Amazónica 2018

Entre os dias 16 e 20 de junho, Uma Gota no Oceano participou, a convite da...

Plenária Nacional da Conaq 2018

No dia 13 de junho, Uma Gota no Oceano participou da Plenária Nacional da Coordenação Nacional...

Chega de agrotóxicos!

Feijão se tempera com alho e louro, não com Benzoato de Emamectina. A substância, proibida no...

Expedição à Terra Xakriabá

Uma Gota no Oceano, junto com a organização Tecendo Laços, acompanhou a ida das jovens lideranças...

Encontro do CIDSE em Bruxelas

A Uma Gota no Oceano foi convidada pelo apoiador da campanha “Em nome de quê?” a...

Gotas no ATL 2018

A 15ª edição do maior encontro de indígenas do Brasil, o Acampamento Terra Livre (ATL), aconteceu...