nossa
História


Gotas do Acordo de Paris

Acordo de Paris

A equipe da Gota esteve no dia 4 no Museu do Amanhã para acompanhar o evento Acordo de Paris, uma avaliação sobre o Acordo do Clima, documento aprovado por 195 países, em dezembro de 2015, durante a COP21. Nosso conselheiro Carlos Rittl, secretário-executivo do Observatório do Clima, participou do painel O Fim do Impasse: a

DSCN3109COP21 e um Novo Momento para o Combate à Mudança Climática, mediado pela jornalista Sonia Bridi, ao lado da ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira, do embaixador José Antônio Marcondes de Carvalho e do embaixador da França no Brasil Laurent Bili

O ano de 2015 foi o mais quente da História e 2016 provavelmente irá superá-lo, mas os participantes destacaram os avanços conquistados na COP21, quando os países se comprometeram a tomar medidas que limitem em 1,5º C o aumento médio de temperatura neste século.

– A partir do Acordo de Paris, entramos em fase de implementação da Convenção de Mudanças Climáticas aprovada na Rio 92 – disse Rittl

 



Publicações

Greve global pelo clima

A equipe de Uma Gota do Oceano fez parte da maior manifestação em defesa do meio...

Semana do Clima nos Estados Unidos

Na semana que antecedeu a Cúpula de Ação Climática das Nações Unidas, em setembro de 2019,...

Festa da Menina Moça

O povo Guajajara celebra, anualmente, o rito de passagem para a vida adulta de suas meninas....

#PrayForAmazon

A vontade de salvar a Amazônia é muito mais incontrolável que os incêndios que a destroem:...

Primeira Marcha das Mulheres Indígenas

Uma força ancestral ganha formas modernas: pela primeira vez, mulheres de diferentes povos do Brasil e...

“Em defesa da vida: Mulheres atingidas na luta por direitos”

A equipe da Uma Gota no Oceano participou, no dia 25 de junho, do seminário nacional...

Seminário de Articulação das Bacias do Tapajós

A equipe da Uma Gota no Oceano participou, de 14 a 16 de junho, do Seminário...

Semana do Meio Ambiente na Unisuam

Nos dias 6 e 7 de junho de 2019, a Uma Gota No Oceano e o...

“Em nome de que, São Francisco?” no Uranium Film Festival

“Minas não tem mar, mas fizeram dois mares de lama nas minas”. Este é um trecho...

Exibição do “Em nome de que, São Francisco” na UFAL

No dia 09 de maio de 2019, o vídeo-manifesto "Em nome de que, São Francisco?" foi...