nosso
Olhar


Belo Monte gera doenças

Bel Juruna e Belo Monte

Segundo Bel, uma agente de saúde indígena da tribo Juruna, na região da Volta Grande do Xingu (PA), desde que começou a ser instalada a hidrelétrica de Belo Monte, aumentaram os casos de hipertensão, diabetes e cálculos renais, e já surgiu um caso de obesidade em sua aldeia.

“Eu fui criada pelo meu pai comendo peixe com farinha. E estava criando meus filhos assim. A gente não precisava de muito dinheiro. Agora, que não tem mais peixe, a gente precisa de dinheiro. E as crianças estão comendo carne de boi e frango que a gente compra na cidade, enlatados, salsichinhas e miojo, que é o que mais tem por aqui. E estão adoecendo. O pacu, principal peixe da alimentação tradicional dos Juruna, quase sumiu. E aqueles exemplares que são pescados estão muito magros. O peixe mais presente na aldeia, neste momento, é sardinha em lata”, disse ela, em depoimento à jornalista Eliane Brum.

Os Juruna não têm mais rio, não têm floresta, não têm peixe e há grandes chances de não terem futuro.

Via: El País Brasil

Foto: Lilo Clareto

Saiba mais: https://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/03/opinion/1491235482_452762.html

Veja nossos vídeos sobre Belo Monte



Publicações

Colhendo consciência ecológica

A garotada de Carazinho botou a mão na massa para plantar a própria merenda. E o...

Rio de Janeiro por água abaixo

A imagem acima pode deixar de ser meramente ilustrativa. Uma nova ferramenta desenvolvida pela Nasa tenta...

Biodiversidade grau 10

Tem bicho saindo pelo ladrão no Brasil. Segundo o Projeto Earth Biogenome, o país abriga 10%...

Mocambo em festa

Este Dia de Consciência Negra vai entrar para a história de 185 famílias no município de...

Cabo verde mesmo

Há um país de língua portuguesa, ensolarado e onde venta à beça, que vai usar isso...

Quilombo é História

Zumbi dos Palmares, o senhor das demandas, também era conhecido como sweka, “homem invisível”, em idioma...

Patrimônio Mundial em risco

Vamos ficar olhando Machu Pichu sumir do mapa? Dos 241 sítios naturais considerados Patrimônio Mundial pela...

As duas caras do Brasil na COP23

Nesta quarta-feira (14/11), foi apresentado na 23ª Conferência do Clima da ONU, em Bonn, na Alemanha,...

Hora de reajustar o termostato

Vamos começar amenizando o clima: o levantamento anual da ONG internacional Global Carbon Project, divulgado na...

Sombras sobre o planeta

Sombras ameaçadoras pairam sobre o planeta. Há 25 anos, cientistas do mundo todo lançaram um alerta...