nosso
Olhar


Mexeu com índio, mexeu com todo mundo

Acampamento Terra Livre 2017

Os direitos dos povos tradicionais estão sofrendo ataques sem precedentes e a situação tende a se agravar diante do cenário de instabilidade política que o país atravessa. Os índios são os guardiões das florestas e as florestas ajudam a regular o clima. Logo, o problema deles também é nosso. Por isso, precisamos estar mais unidos do que nunca.

Estamos na Semana do Índio e em contagem regressiva para o Acampamento Terra Livre (ATL) 2017, que acontece de 24 a 28 de abril, em Brasília. O evento será norteado pelo lema “Unificar as lutas em defesa do Brasil Indígena”. É preciso garantir os direitos originários dos povos indígenas, garantidos pela Constituição de 1988. Demonstre o seu apoio assinando a petição Presidente Temer e ministro Serraglio: respeitem os direitos indígenas!

A presidente Dilma foi o que menos demarcou Terras Indígenas (TIs) desde a redemocratização, mas incrivelmente a situação piorou depois do seu afastamento. A Funai está debilitada como nunca (no fim do mês passado, foram cortados da instituição, numa só canetada 347 cargos comissionados), e Legislativo e Executivo vêm apresentando projetos para dificultar novas demarcações e até mesmo rever as antigas.

O ataque é incessante e nem mesmo a série de escândalos de corrupção envolvendo nomes do alto escalão do governo (como os ministros da Justiça e da Agricultura) parece capaz de detê-lo. Somos a única linha de defesa realmente eficaz.
Então, vamos fazer ecoar nosso grito: mexeu com o índio, mexeu com o clima!

Leia a convocatória do ATL: https://mobilizacaonacionalindigena.wordpress.com/2017/03/20/convocatoria-acampamento-terra-livre-2017/



Publicações

O Limpa-folha só existe na foto

Nunca mais ouviremos o canto do Limpa-folha do Nordeste; vê-lo, só em fotos como esta. Assim...

Sem senso de orientação

Os peixes estão nadando na maionese. E a causa é a exploração de petróleo nos oceanos....

Em clima de forno de microondas

Maio e junho em clima de forno de microondas. Segundo o último relatório da Organização Meteorológica...

Munduruku em pé de paz

Os Munduruku estão em pé de paz. Desde ontem, quase duas centenas deles ocupam o canteiro...

Um alvo pintado no peito

É como se cada ambientalista no Brasil tivesse um alvo pintado no peito. Pelo quinto ano...

Caça aos ambientalistas no Brasil

Um cemitério de 8,5 milhões de km². Pelo quinto ano consecutivo, o Brasil é o país...

Um Distrito Federal à deriva

Tem um iceberg do tamanho do Distrito Federal à deriva no oceano. Se ele derreter, vai...

Extinção em massa

Estamos cada vez mais sós. Metade dos animais que um dia povoaram a Terra desapareceram. E...

Mais respeito com os Munduruku

Imaginem se demolissem a Basílica do Santo Sepulcro ou o Muro das Lamentações ou removessem a...

O sertão de Rosa está condenado apenas à literatura?

Nonada? O sertão de Guimarães Rosa está condenado a existir somente em sua literatura? A pecuária...