nosso
Olhar


O etnocídio, Martírio, em cartaz

Martirio - film

O filme “Martírio”, de Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tatiana Almeida mostra a resistência ao genocídio dos índios Guarani Kaiowá. O documentário, que está em cartaz em salas de cinema de diversas capitais do país, denuncia o massacre e a violência contra os povos indígenas.

Em uma entrevista ao jornal Porantim e divulgada pelo site Conselho Indigenista Missionário, o cineasta francês contou como se dá sua relação de meio século com os indígenas, como começou essa história e sobre a gravação do documentário. 

Leia a entrevista completa.

Confira também o trailer do documentário “Martírio“.



Publicações

Garimpo ilegal está contaminando e pode matar índios Yanomami

Davi Kopenaw voltou a ONU para denunciar os perigos enfrentados pelos índios no Brasil, principalmente os...

Dia da Terra. Dia de conscientização

A nossa “pequena” tem mais de 4,5 bilhões de anos. A ONU decidiu instituir o dia...

Os filhos naturais do Brasil

A relação do Estado Brasileiro com os povos indígenas é de mau padrasto, embora eles sejam...

Mexeu com índio, mexeu com todo mundo

Os direitos dos povos tradicionais estão sofrendo ataques sem precedentes e a situação tende a se...

1 milhão em 2 dias

Governo reduz em apenas 2 dias mais de 1 milhão de hectares das Unidades de Conservação. “Após...

Saneamento básico pode dar lucro

De acordo com um estudo do Instituto Trata Brasil, a universalização do saneamento básico traria ao...

Sem licença para Belo Sun

O Tribunal Regional Federal do Pará, a pedido do Ministério Público Federal, suspendeu a licença de...

Biodiversidade sem fim?

É verde que não acaba mais. A capacidade de a Amazônia nos surpreender é inesgotável: a...

Belo Monte gera doenças

Segundo Bel, uma agente de saúde indígena da tribo Juruna, na região da Volta Grande do...